caping2

8.2.16

A rede

Companheira Inseparável 

A rede de descanso ou rede de dormir  é um utensílio doméstico de origem indígena, que originalmente era feita com cipó e lianas. Chamadas de "hamaka", que consiste numa espécie de tecido com alças.

Durante o Brasil colônia era muito utilizada para dormir, enterrar os mortos no meio rural e como meio de transporte, onde os escravos carregavam os colonos em passeios pela cidade e até em viagens.

É um artefato legado dos indígenas da América do Sul. Teve grande importância na sociedade brasileira dos primeiros anos do descobrimento e durante toda a época colonial.
Uma rede em uma casa de praia:
rede
Hoje em dia, as redes são fabricadas de diversas formas e materiais, desde as mais tradicionais de fio, tecidas em "batelão" (tear) mecânico ou elétrico, até as feitas a partir de tecido ou de materiais sintéticos como nylon e outros materiais. 
Na região nordeste do Brasil, a rede ainda é muito utilizada para dormir em substituição à cama, sendo também tradicionalmente utilizada para descanso em casas de praia (casas de veraneio).

A que eu uso é inseparável, de nylon, ganhei de presente da minha tia de João Pessoa (PB), é ótima, já acampei várias vezes sem barraca, só com ela!. Pesa só 450 gramas!
O segredo é se acostumar com ela. Tem gente que conheço que não se adapta de jeito nenhum!.

Armando a rede – Para armar um rede é muito fácil; em um acampamento basta ter duas árvores próximas uma da outra, uns 3.00mts, ter dois pedaços bons de cordas, não precisam ser muito grossas, amarrar as duas pontas em cada árvore numa altura de mais ou menos 1.50mts.
Após isso deite-se e veja se a altura esta boa, levante ou abaixe a altura nas árvores a seu critério, e pronto. 
Esse tamanho da altura, vai depender também do tamanho da rede que você tem, e é claro, o seu peso:

rede para dormir camping
Dois exemplos de armar rede, se a distancia das árvores for um pouco grande, é só aumentar a corda que a prende, note que uma das redes é de nylon.

Segundo pesquisa do Jornal, O Globo, em 20/06/2011, quem dorme em rede adormece mais rápido e tem um sono mais profundo. Célia Corsino, museóloga do IPHAN, em documentário  afirma que a rede já foi até mais utilizada que a cama em diversas comunidades de clima mais quente.
Diz-se que a melhor posição pra se dormir numa rede não é tipo “barquinho”, mas na transversal. O que você acha?

Um caso de amor com o Brasil 

A rede é tão enraizada na nossa cultura popular que as vezes esquecemos de quão distante vem este caso de amor. Veja fotos clássicas de alguns dos grandes nomes da nossa música deitados em uma rede em algum momento do passado.
Dorival Caymmi. A paixão de todos os baianos – e deste baiano em especial – por uma rede é bem conhecida.
Caymmi
Mesmo que a rede tenha o Norte e Nordeste como seu porto seguro, o carioca Cazuza não nos deixa esquecer que a rede é patrimônio cultural de todos os brasileiros.
Cazuza
Uma excelente opção para dormir e descansar.
Nunca acampo sem minha rede: 

A rede; sem ela não tinha como, nem condições, de tocar meu violão, ler um bom livro sossegado, dormir pensando no que fazer amanhã, e voltar tranquilo no primeiro ou segundo dia. 
Ela me salva a vida!


Novidades no mercado

Rede de dormir - camuflada Exército
Para quem está com dificuldades de adquirir uma rede, aqui tem uma ótima oportunidade, 100% náilon altamente resistente utilizado em pára-quedas, que suporta até 200 Quilos.

É possível inclusive usar dentro d`água "igual a minha", ótima para acampamentos. Fácil transporte, cabe em qualquer lugar, acompanha uma pequena bolsa, dimensões: 2,10mx 1,60m, total 3,60m, peso 600g, distância Ideal dos ganchos: aprox. 1,90m a 2,50m, altura Ideal dos ganchos: aprox. 1,90m. 

Está à venda nas lojas Americanas em artigos para camping, acesse aqui 



Você encontra também outros tipos de redes, como Tambaba Crua, Pernambucana, Catarinense, Jaguarana e outras confeccionadas de vários tipos de tecidos e tamanhos nas mesmas lojas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário