8.2.16

Camping organizado ou natural?

Parques de campismo ou campings organizados são grandes infra-estruturas. Você começa procurando sanitários, chuveiros quentes, um lugar para estacionar o carro e às vezes até mesmo uma loja para comprar seus mantimentos.
É preciso saber escolher entre milhares de áreas espalhadas pelo Brasil, além de estar dentro do seu orçamento de preço, e segurança muitas vezes discutidas e localidades não condizentes.

Eles são convenientes, eles são simpáticos, mas ... aqui está a coisa: todo mundo sabe onde eles estão, não saem da mesmice, e tudo não é mil maravilhas, como muitos sabem e não conseguem se livrar por causa da vida costumeira e da rotina certinha.
Camping é um suposto de liberdade e desfrute ao ar livre em volta à vida simples, cercada pela natureza.
Mas isso é muito difícil de fazer quando até mesmo se a sua barraca você tem que negociar; procurar melhor local/ vaga; burocracias; um jogo de família quem fica aonde;  criança chorando ao longo de uma viagem e um cão indisciplinado, além de respeitar o horário de silêncio (coisa que em um camping natural não existe).
organizado-marymar
Para pessoas mais sensíveis ou menos chegado a aventuras, ou mais acomodadas ao relax total, e menos arrojadas, que não toleram ficar tomando decisões a toda hora, e que o mais importante é a amizade e o companheirismo acima de tudo, então nem pensar em camping selvagem.
E por mais que tentem, fica cada vez mais difícil o afastamento do relacionamento com pessoas de seu convívio.
Os que adoram festas e encontrar - na maioria dos casos - os mesmos amigos, muitas churrasqueiras "prontas", bebidas a vontade direto da "fonte", luz, som, chuveiros quentes à sua disposição, e a possibilidade de beber até cair dentro da uma  barraca, então amigo:
O seu lugar é um camping organizado, de preferência àquele que seus amigos e parentes frequentam e que o indicam.

Você pode desfrutar de tudo isso, do bom e melhor em um camping sem nenhum desses inconvenientes. A resposta é camping selvagem ou camping natural que particularmente chamo assim e acho o mais correto e identificável para campistas naturalistas e conservacionistas, mas fica a gosto de cada um, pois não há muita diferenciação; apenas ao modo de comportamento.
Além do camping natural, existe o camping livre ou camping semi-selvagem, que é o ponto intermediário entre selvagem e organizado (existe muitos abandonados no meio de algum lugar), se você encontrar um "beleza" já que você ia acampar selvagem mesmo; desfrute então das comodidades que ainda estão de pé.
A premissa é simples: camping natural "selvagem" todo lugar é lugar, escolha a sua área, arrume sua barraca, a sua tralha e dirija-se para a paisagem, sem se incomodar com horário pré-estabelecido, com o mapa na mão e uma ideia na cabeça para uma noite (ou várias) sob as estrelas.
barracas-12
Estas são as  verdadeiras razões para sair e acampar sozinho (ou acompanhado), mas a coisa real, a verdadeira razão, é que ela é simplesmente fantástica e nunca deixa de ser assim. 
Tendo a montanha para si mesmo com o sol no final do dia caindo abaixo no horizonte cria um sentimento inigualável de liberdade e euforia.
Acordar no meio da noite com uma necessidade desesperada para fazer xixi é horrível, até que você se depara  fora da barraca ao  ver o céu negro cintilando de estrelas, é indescritível. 
E acordar, olhando para fora da barraca, o amanhecer vermelho pálido numa manhã fria, e uma Sabiá da Praia a 6 metros de você; solta e sem se importar com sua presença, só acredita quem vê.

Quando se usa o termo camping selvagem ou natural, muitas pessoas tremem e sentem horror só de pensar, mas isto não significa propriamente que esta modalidade está intimamente ligada ao meio do mato, cheio de bichos, enfrentando perigos a toda hora,  o mais escondido possível da civilização ou afastado de tudo.
Não é bem assim; o campista selvagem é único, e pode estar em qualquer lugar que quiser (e não necessariamente em lugares extremamentes inóspitos), ligado intimamente com a natureza, pessoas, moradores do local, em completa liberdade de movimentos de pesquisa e aprendizado.

Ele procura saber sobre a diversidade de fauna, flora do local, perguntando e pesquisando com moradores e ribeirinhos, acumulando experiências únicas de como acampar em determinado local. 
Engana-se as pessoas que os moradores não ajudam, pelo contrário, eles ajudam tanto que chegam a indicar os melhores lugares para você ficar; e Isso acontece muitas vezes mesmo.
Dizem erroneamente que não é aconselhável levar crianças e pessoas idosas; as crianças aprendem rápido o bom convívio com todos, é só saber aconselhá-las e explicar de como é um trabalho comunitário; a hora de brincar,  e ficar bem atento a elas.

O que vale é um bom ensinamento em tudo, e garanto que não vai faltar dezenas de perguntas. 
Tenha paciência e ensine direitinho sobre plantas, animais, obedecer os mais velhos, etc. Isto é, agir normalmente como você age em sua casa, mas com responsabilidade.
Os idosos; já aprendi muita coisa com eles, principalmente em campings selvagens, eu admiro muito e respeito; só se for um doente ou problemático, que nunca acampou na vida, e procura sempre colocar obstáculos em tudo; neste caso é tratá-lo com paciência.
Numa hora de participação de todos, imprevistos aparecem, e inúmeras atitudes que exigem força e dinamismo; como cortar lenha, subir em árvores, é claro que as crianças e idosos ficam em segundo plano. Apesar de muitos veteranos que conheço ter mais de 60 anos.

E então; já que decidiu sua preferência entre camping organizado e camping natural, parabéns pela escolha e gosto. 
É meio difícil para alguns que ficam entre o meio termo (uns não querem nem pensar em camping selvagem, outros as vezes dão uma escapadinha e arriscam um camping meio natural).
Mas fica aqui uma mensagem de apoio a todos os campistas: 
Fiquem com a sua melhor escolha, o importante é estarmos juntos nessa apaixonante arte do campismo, seja lá ele organizado, natural, semi-selvagem, selvagem puro ou o que aparecer de bom pra gente.
É importante para nós sentirmos felizes junto aos nossos amigos e familiares e que nunca ficaremos a sós em nenhum momento de tristeza e solidão, aliás tudo é felicidade, camping e natureza. 
E estar-mos sempre juntos.

6 comentários:

  1. Alguma sugestão de camping selvagem em cachoeiras?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Anônimo, obrigado e valeu mesmo a pergunta: Eu que já conheço bem o Rio de Janeiro "que deve ser o seu propósito", para quem quer evitar as praias lotadas no verão carioca, tem uma cachoeira em Angra dos Reis, muito bonita, fica na serra do Bocaina, pega a Estrada do Bocaina até chegar no início de uma trilha, caminhe por ela e pronto. Arme sua barraca lá, com disposição! Há o nome da cachoeira alguns dizem Bracuí.

      Excluir
  2. Ola, gostaria de uma dica para iniciante que more em Niterói! Algo que nem seja tão longe, nem tão perto.

    Adorei seu blog! Grande iniciativa anticapitalista! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lene, tudo bem.
      Vou tentar te responder por dois meios, porque não sei se você gosta de camping selvagem ou organizado.
      Então vamos lá:
      O local mais perto de onde você mora é Maricá, mas acho que Saquarema seria melhor na minha opinião.
      Organizado:
      Em Saquarema existem dois campings organizados: na Rua dos Tatuís, 999, a caminho da Praia de Itaúna, fica o Camping Itaúna´s, e no centro, próximo a lagoa o Camping do Cambrás.
      Selvagem:
      Há uma área liberada pela Prefeitura para prática do camping selvagem na Praia de Itaúna, liberada pela Prefeitura sem pagamento de qualquer taxa, é necessário identificar-se na Delegacia de Polícia de Saquarema (centro), a fim de apanhar a devida autorização. Procure todas informações sobre o local para ficar ciente das novidades e exigências.
      Tudo bem Lene?
      Existe uma infinidade de locais para camping na Região dos Lagos, sendo organizados ou selvagens, e é muito grande.
      Para saber mais me pergunte, estarei a sua disposição.
      Valeu Lene e obrigado pela visita.
      Valter Luna.

      Excluir
  3. Gostei do teu jeito de explicar as coisas. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Claudionaufrago, esse foi o melhor jeito que encontrei.
      Valeu Claudio.
      Um abraço.

      Excluir