caping2

8.2.16

Quando se perder

Se orientando

Questão de Sobrevivência - Num camping selvagem, não é aconselhável acampar sozinho e nem levar crianças, mas, se você não tem outra opção, escolha uma área que não seja acidentada – para facilitar a armação da barraca e de todos os movimentos – e prefira o litoral, cujo acesso é geralmente mais fácil. As duas fossas, uma para o WC e a outra para o lixo devem ficar a mais ou menos cem metros da barraca e observe a direção do vento para escolher o local. Com esses procedimentos, você saberá onde fica o seu acampamento e se orientará melhor.

Se por acaso você se perder, e não souber o caminho de volta, e não for um Bear Grylls da vida, não perca a calma. No caso de você se perder no mato, a primeira providência a tomar é verificar a sua posição em relação a barraca, através da bússola ou pela posição do sol. 
Lembre-se que o sol nasce no leste e se põe no oeste, portanto se for antes do meio dia, dando-se o lado direito para o sol, na sua frente estará no norte e atrás o sul.


Cruzeiro do Sul

Se você se perder à noite, poderá orientar-se pelo Cruzeiro do Sul.
Olhando para a estrela que forma a ponta mais longa da cruz, prolongue-a visualmente umas quatro vezes e daí trace uma vertical até a linha do horizonte, aí estará o Sul.
sbpc93_f09

Estrela Polar

Se traçarmos uma linha imaginária que passe pelas duas "Guardas" da Ursa Maior, e a prolongarmos 5 vezes a distância entre elas, iremos encontrar a "Estrela Polar". 
A figura ilustra este procedimento, e mostra também o sentido de rotação aparente das constelações em torno da Estrela Polar, a qual se mantém fixa.
Se prolongarmos uma linha imaginária passando pela primeira estrela da cauda da Ursa Maior  e pela Estrela Polar, numa distância igual, iremos encontrar a constelação da "Cassiopeia", em forma de "W", a qual é facilmente identificável no céu. Assim, a Cassiopeia e a Ursa Maior estão sempre em simetria em relação à Estrela Polar.
Para obter o Norte, para nos orientarmos de noite, basta descobrir a Estrela Polar. Se a deixarmos cair até ao horizonte, é nessa direção que fica o "Norte".

Nota: Nesse sentido entende-se que as Estrela Polar pode referir-se tanto à Estrela do Norte como à Estrela do Sul, embora a expressão seja usualmente utilizada para referir-se à Polar da constelação Ursa Menor, que é atualmente a única estrela brilhante que coincide num desses pontos.

Com um fio de metal 

Primeiro, cave um buraco no chão e cubra com plástico (serve uma bacia) e encha de água, coloque uma folha pequena (serve papelão) para boiar, então pegamos uma agulha, arame ou fio de metal.

Esfregue o arame no seu cabelo sempre na mesma direção (não ir e voltar ...) durante 5 minutos e, depois, colocar a agulha sobre o papelão , na água no meio da bacia ou buraco. Depois de um momento a agulha irá parar de girar sobre si mesmo e se estabilizar no eixo norte / sul.

Usando seu relógio 

Para essa técnica; de dia, você precisa  possuir um relógio de pulso analógico, que deve estar marcando a hora certa e levando em conta o horário de Verão.
Mantenha o relógio paralelamente na horizontal e aponte o número 12 para o sol. Crie uma linha imaginaria entre o nº 12 e o ponteiro menor (das horas). Essa linha é o Norte.

Orientação pela sombra  

Você irá precisar de uma estaca de preferência 1 metro. 
Enterre parte dela no chão, em uma superfície plana e ensolarada. Coloque uma pedra (ou pequeno graveto, como marcação) na ponta da sombra. Espere cerca de 15 minutos e coloque outra marcação na ponta da nova sombra.
A linha entre as duas marcações formam o oeste (primeira marcação) e o leste (segunda marcação). 
A linha perpendicular a esta linha formam o norte-sul.


Uma bússola 

Por ser feita com um campo magnético da Terra, a agulha maior sempre aponta para o Norte. 
Ela, assim como a Rosa dos Ventos, tem os pontos cardeais: norte, sul, leste  e oeste. 
E os colaterais: nordeste, sudeste, sudoeste e noroeste.

A melhor orientação para quem está perdido, é ter uma boa bússola, há vários modelos a sua escolha.

Leve um meio de comunicação consigo. Um celular com bateria extra, ou um rádio transmissor portátil são a melhor e mais rápida forma de resgate se você estiver realmente perdido, ou machucado, mas não confie plenamente na tecnologia moderna, como em celulares, aparelhos GPS, ou rádios para salvarem sua vida se estiver perdido. 

Leve um desses com você se estiver disponível, mas lembre-se de que esses itens não são à prova de erros, pode-se danificar ou acabar a bateria; tenha sempre um plano reserva.

Enquanto procura o caminho de volta, não se esqueça de ir sinalizando nos troncos das árvores ou cortando galhos ou, ainda pondo pedras no chão, procure sempre por água, córregos ou riachos, eles sempre dão em rios maiores, e é mais fácil encontrar sinais de vida, como uma aldeia, vila, etc.

Se acaso sair do acampamento, por horas ou dias, quando do seu retorno, você saberá sua localização exata pela disposição das estruturas.E no caso de querer explorar as redondezas do acampamento, leve os seguintes equipamentos:
uma bússola (se possível do tipo que tem mira na tampa e facilita a orientação), facão, machadinha, recipiente para água (de preferência dobrável e de plástico), caixa de fósforo, isqueiro, apito, espelho de sinalização, mosquiteiro, rede ou saco de dormir, repelente contra insetos, cantil, esterilizador para purificar a água que vai beber.

Levando isso tudo, por acaso se perder, dê um bom tempo para você sobreviver e se restabelecer. 
Existe no comércio facas apropriadas com kit de sobrevivência embutido. E nunca vá sozinho e, prefira sair de dia.
Preste muita atenção: tem pessoas que morreram a menos de 500 metros do próprio acampamento!, deveriam estar andando em círculos, completamente sem nenhum senso de rumo ou direção.

Isto é uma mata fechada; "de dia" imagine você perdido aí a noite e sem nenhum senso de direção! chamam de morte verde ou inferno verde.

Certifique-se bem da posição do acampamento antes de sair e vá marcando setas nos troncos das árvores com o facão, quebrando galhos (deixando marcações para você quando voltar saber sua localização) indicando a direção que está seguindo.
Se você não souber o caminho de volta, não perca a calma; a primeira providência a tomar é verificar sua posição em relação da barraca ou acampamento, através da posição do sol, e das marcações feitas por você. Com paciência, calma e um mínimo senso de direção, eu garanto que você encontrará o caminho de volta.
E para complementar o que você deve fazer, no caso de se perder, não deixe de ver:

Leia mais.. Como sair do meio do mato


Nenhum comentário:

Postar um comentário