caping2

24.7.16

Maranhão

Como chegar - BR-316 e BR-135: traçado reto com aclives e declives na maioria do percurso. De Teresina a Santa Inês o asfalto foi recapeado. A sinalização continua deficiente. Pedestres e animais costumam cruzar a pista. Perto das cidades há lombadas. As queimadas são frequentes. O tráfego é mais intenso na BR-135, que dá acesso a São Luís.

Não deixe de ver o Centro Histórico de São Luís e as dunas dos Lençóis Maranhenses, entre os meses de dezembro e julho, a melhor época.
A iguaria local é o caranguejo (ao natural, com vinagrete ou em tortas e fritadas) e os pescados com arroz-de-cuxá. Leia mais sobre comida típica em São Luís.
Maranhão-2-Campingnatural

Alcântara

Praia.
◬32 m. São Luís 53 (mais 1h30 de balsa ou 1h15' de lancha), Teresina 499, Imperatriz 689.
A promessa de visita de D. Pedro II, que nunca se concretizou, gerou uma competição entre barões a fim de construir a mais bela casa para hospedá-lo.

Daí o requinte e a ostentação da arquitetura original da cidade, que chegou a ser capital da Província. Mas hoje a maioria dos seus 300 prédios históricos encontram-se em ruínas.

No passado foi uma das mais ricas e importantes cidades do Estado, chamada de "celeiro do Maranhão" e sede da aristocracia rural.
Camping Tijupá - Rua de Baixo, Centro: simples, local para camping capacidade até 5 (cinco) barracas, restaurante.


★★ Ilha do Livramento

É usada para camping selvagem. Para os aventureiros, não perca esta oportunidade. 
Fica a 1,5 km de Alcântara (15' de barco, que pode ser fretado no Porto do Jacaré). Desabitada, possui praias de águas tranquilas, com grandes pedras em torno. Tem um pequeno farol e a antiga Capela de N.S. do Livramento.


São Luís

Cidade histórica; capital do Estado; ilha; porto.
24 m. Brasília 2 157, Teresina 446, Belém 806, Fortaleza 1 070, Palmas 1 386, Salvador 1 599.
Situada na ilha de mesmo nome, São Luís é a única capital brasileira fundada por franceses, mas curiosamente é a mais lusitana de todas.

Os portugueses, em 4 séculos, deixaram mais de 3 mil prédios, boa parte estampada com azulejos, o que ajudou a conservá-los por mais tempo. 
Em dezembro de 1997, a cidade foi declarada Patrimônio da Humanidade. Além da história, São Luís conserva muitas tradições históricas, como o Bumba-Meu-Boi e o Tambor-de-Crioula, mas não deixa de assimilar o moderno: é considerada a capital brasileira do reggae.

O contraste entre o moderno e o antigo se apresenta claro desde o Centro da Cidade. Do alto das igrejas e casarios avistam-de as modernas pontes que atravessam o Rio Anil e vão para as praias, onde estão os prédios altos, avenidas largas, calçadões e ciclovias que se espalham pelo extenso litoral.

Comida típica

Pescados com arroz-de-cuxá

Peixe, camarão, caranguejo e mariscos são a base dos pratos maranhenses. Preparados em forma de caldeiradas, ensopados e tortas, os pescados são acompanhados pelo arroz-de-cuxá, feito com camarão seco, farinha de mandioca, gergelim torrado e vinagreira, uma erva ligeiramente amarga.

O Estado do Maranhão conta com pouquíssimas opções de camping estruturado. E para piorar a situação o Camping Clube de São Luís fechou.  A única opçãopara camping organizado é o Camping Tijupá, em Alcântara. Mas para os aficionados em camping selvagens, há várias opções, como no interior como na capital do Estado, aproveitem!
Praia do Calhau no Centro


Barreirinhas

◬4 m. São Luís 332, Teresina 613, Imperatriz 811.
A cidade oferece os melhores meios para conhecer os Lençóis Maranhenses.
Formação única de dunas e lagoas doces com águas coloridas (verde, marrom, azul e preta, devido à vegetação e ao solo), que se estendem por 70 km e avançam até 50 km dentro do continente. 
Fica muito isolada, com acessos complicados por estrada de piçarra ou de areia.

Para chegar lá, pode-se ir de barco pelo Rio Preguiças, aproveitando para admirar a paisagem, ou de carro com tração nas 4 rodas em uma aventura por estradas de areia.
O Rio Preguiças corta a cidade e fornece o peixe, o caranguejo do mangue, o transporte e o turismo.
Paraíso do Caju - Rua Primavera - Riacho, Barreirinhas: área camping em meio natureza, redário, banheiros, passeios, ecoturismo.

Camping Lagoa do Cassó - Município de Primeira Cruz, Lençóis Maranhenses: camping com luz, banheiros, cozinha, disponibilizamos veículos 4x4.


★★★ Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

Com área de 155 mil ha, localizado no mun. de Barreirinhas e Primeira Cruz - MA.
O parque distribui-se por uma área de cerca de 300 km²  de areia sob a forma de dunas que alcançam até 40 m de altura. Trata-se de uma formação geológica que poderia ser confundida com um deserto não fosse a presença de imensas lagoas de águas coloridas, formadas pelas chuvas que caem de dezembro a julho. 
A explicação para o fenômeno das dunas é a presença dos ventos alísios, que sopram constantemente do mar, empurrando a areia trazida para o litoral pela força dos grandes rios da região. O avanço continente adentro chega a 50 km e estende-se por cerca de 70 km de praias desertas. Apesar de temporárias, as lagoas são povoadas de peixes e aves migratórias como o maçarico-rasteirinho e a marreca-de-asa-azul, que visitam o local em busca de alimento.
Na beira do Rio Preguiças convivem ecossistemas de dunas, mangues e restingas.
Uma caminhada de 40' leva a uma paisagem única: quilômetros de dunas, lagoas, a foz do rio e as águas do mar. Pode-se fazer esse passeio num só dia, a partir de São Luís, em vôo fretado, com retorno até as 17h, pois o aeroporto de Barreirinhas não conta com iluminação.
A entrada no parque é livre, incluindo o camping selvagem. Aconselhável levar água, chapéu, protetor solar e demais utensílios.



Atenção: O blog Camping Natural não se responsabiliza por alterações realizadas pelos estabelecimentos (infra-estrutura, roteiro, etc.) após o fechamento desta postagem.


Nenhum comentário:

Postar um comentário