caping2

24.7.16

Interior de São Paulo

Cidades do interior paulista como Campinas, Jundiaí, Piracicaba, Campos do Jordão, Atibaia, Itu, Bragança Paulista, Sorocaba, São José dos Campos, São José do Rio Preto e outras nas proximidades da Grande São Paulo e da Região Metropolitana de Campinas costumam receber elevado número de visitantes. Pequenas cidades do interior também apresentam um fluxo considerável de turistas, sobretudo as cidades históricas e estâncias turísticas.

O interior tem destaque por possuir um conjunto cultural muito rico, inclusive com vários sotaques próprios e diferentes daquele da capital e do litoral.
O interior paulista sustentado pela renda do agronegócio e da cana-de-açúcar foi a região que mais ampliou gastos com alimentos, bebidas, produtos de higiene e limpeza no primeiro semestre de 2011 em relação a igual período de 2010, à frente até dos mercados mais famosos do consumo, como o Nordeste e o Centro-Oeste.

Itu

◬ 583 m. São Paulo 102, Sorocaba 39, Campinas 48, São José dos Campos 185, Bauru 240.
A cidade "Estância Turística" conta com vários monumentos históricos, como o Museu da Convenção, a casa onde ficou hospedado dom Pedro II, o famoso Telefone Público, a Igreja Matriz Nossa Senhora da Candelária, o Semáforo próximo ao orelhão e o Armazém do Limoeiro, entre outras. A maior parte das atrações de Itu está no Centro e pode ser conhecida num só dia, a pé.

Camping Fazenda Paineiras - Rodovia Marechal Rondon, KM 115,5 – Bairro Itaim – Itu: área com infraestrutura para barracas e motorhomes, com chalés, piscinas, pesca.

Camping Chapéu do Sol - Av. das Garças, siga placas até a Estrada Itu 010 - Itu: área 85 mil metros quadrados de área verde, piscinas,  churrasqueiras, salão de jogos, playground, quadras esportivas, lago pesca, restaurante.

Camping do Alemão - Estrada dos Romeiros (mais conhecida como Estrada do Parque) no Km 90: área para barracas ou hospedar-se em chalés, estrutura completa, piscinas, lanchonete.

Indaiatuba

◬ 624 m. São Paulo 99, Campinas 22, Itu 24, Sorocaba 57, Bauru 265.
Com o seu crescimento, Indaiatuba se tornou uma cidade turística e tranquila. Seu principal ponto turístico é o Parque Ecológico de Indaiatuba que é um extenso eixo de aproximadamente 10 quilômetros lineares com uma área de aproximadamente 2 milhões de metros quadrados que contaria 12 centros comunitários, viveiro de pássaros, restaurante, museu, pátio de esculturas, centro de exposição de flores, centro administrativo com Fórum, Câmara e Paço Municipal, barcos, pedalinhos, teatro de arena, lanchonete e ciclovia em todo o contorno do Parque com muito verde. 
Camping Cabreúva - Rod. Dom Gabriel P. Bueno Couto, km 92,5 - Pinhal - Cabreúva, próximo Indaiatuba: área para camping,  pia lavatória em cada platô, postes com iluminação (220v), estacionamento em frente, sanitários masculinos e femininos, chuveiros com aquecimento central.

Campinas

◬ 696 m. São Paulo 99, Araraquara 191, Ribeirão Preto 238, Bauru 269, Curitiba 476, Belo Horizonte 601. 
Quanto aos atrativos turísticos, o principal parque urbano da cidade é o Parque Portugal, mais conhecido como Taquaral, em função do nome da lagoa, fundado em 1972.
Nele há um ginásio esportivo, uma rota de bonde que circunda a lagoa, o Planetário.

Outras atrações são o Bosque dos Jequitibás, que em seu interior abriga um minizoológico e o Museu de História Natural. O mirante no alto da Torre do Castelo permite uma vista quase completa da cidade a partir de suas seis amuradas. 

Camping Macuco - Estrada Municipal Gov. Mario Covas, Km 4,6, S/n - Macuco, Valinhos - SP, próximo Campinas: camping com estruturas e camping selvagem, piscinas, campos, lagos, churrasqueiras.

Bragança Paulista

Estância climática.
◬ 817 m. São Paulo 89, Itatiba 32, Campinas 59, Pouso Alegre 129, Ribeirão Preto 238, Belo Horizonte 519.
Centro de comércio e serviços para fazendas e indústrias da região. A vida noturna concentra-se às margens do lago, na entrada da cidade, perto da Universidade São Francisco. Bragança Paulista é um dos 12 municípios paulistas considerados estâncias climáticas pelo Estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por Lei Estadual.

Camping Ilha Morada do Sol - Estrada Municipal José Vaccari, s/n - Represa Jaguari - Bragança Paulista: área para barracas e RVs, lavatórios, chuveiros quentes, churrasqueiras, estacionamento.

Jundiaí

◬ 761 m. São Paulo 60, Campinas 45, Itu 51, São José dos Campos 149.
A paisagem mais marcante da cidade é a Serra do Japi, uma das grandes áreas de Mata Atlântica nativa contínua no estado de São Paulo, denominada como "Castelo de Águas" por muitos naturalistas, devido a sua riqueza hídrica. Tombada em 1983 pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico e, posteriormente, regulamentada como reserva biológica. Declarada em 1992 pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura como reserva da biosfera da mata atlântica.
Camping Sítio Serra das Paineiras - Estr. da Laranja Azeda - Santa Clara, Jundiaí: na Serra do Japi, toda infraestrutura, vestiários, chuveiros, trilhas ecológicas, contato com a natureza e ecoturismo.

Campos do Jordão

Estação climática.
◬ 1 628 m. São Paulo 184, São José dos Campos 93, Monte Verde 110, Pouso Alegre 117, Rio de Janeiro 359.
Os hotéis, bares, restaurantes concentram-se na Vila Capivari.

Campos do Jordão é chamada de "Suíça Brasileira", como estratégia de marketing, pela sua arquitetura tardia baseada em construções europeias e pelo seu clima mais frio que a média brasileira. Por isso, a cidade recebe maior quantidade de turistas durante a estação do inverno, especialmente no mês de julho.

CCB Campos do Jordão - Av. Pedro Paulo - Estr. para o Horto Florestal - Rancho Alegre - Campos do Jordão: área para barracas e RVs, sanitários, chuveiros quentes, estacionamento.

Camping da Malu - R. Dona Eliza - Capivari - Campos do Jordão: área para barracas e RVs, sanitários, chuveiros quentes, estacionamento.

Atibaia

Estância climática.
◬ 803 m. São Paulo 69, Bragança Paulista 25, Monte Verde 85, Campinas 88, Belo Horizonte 505.
O Monumento Natural Estadual da Pedra Grande é um dos pontos turísticos de Atibaia. Se localiza a 1 450 metros acima do nível do mar. No alto de uma colina, aflora um enorme monólito que permite em algumas ocasiões, a prática de voo livre, asa delta, paraglider, escalada, rapel e mesmo de um magnífico mirante para toda Atibaia e regiões vizinhas a ela.
Camping Rio Manso - Av D. Pedro I, Km 77,5 - Estr. dos Pires - Bairro Caetetuba - Atibaia: toda infraestrutura para camping e lazer, junto a natureza.

Socorro

◬ 752 m. São Paulo 131, Águas de Lindóia 28, Serra Negra 34, Bragança Paulista 45.
O município de Socorro tem o turismo como uma de suas principais atividades econômicas.
É conhecida como a Capital Nacional do Tricô e Malha.

A Feira Permanente de Malhas e o Moda Shopping atendem aos turistas e cobrem as encomendas de grandes lojas da Capital. A cidade também tem potencial para os esportes de aventura. Hoje, ela é uma das principais cidades do Circuito Nacional e também faz parte do Projeto Socorro Acessível, em que as práticas esportivas incluem pessoas com necessidades especiais. 
A cidade tem uma ampla cobertura de Hotéis e Pousadas distribuídas na cidade e fazem parte do Turismo Rural. Há também cerca de dez alambiques, dez pesqueiros e pequenas propriedades para a comercialização de produtos orgânicos.
Anualmente, no primeiro final de semana após o carnaval, também é realizado o tradicional "Rock in Help Festival", reunindo público e bandas de diversas regiões do Brasil.

Camping Valle das Águas - Estrada Municipal , S/N - Zona Rural, Socorro - SP: cozinha comunitária, banheiros femininos/ masculinos, estacionamento, sala jogos,  área para fogueiras.


Nenhum comentário:

Postar um comentário